Al Capone e Refis – Sugestão de leitura

0
133

“Não entendo por que certas pessoas enveredam pelo crime, se existem mil maneiras legais de ser desonesto”. No apogeu da sua vida criminosa nos EUA, era o conselho dado pelo “gangster” Al Capone. Terminou sendo condenado pelo FBI por sonegação fiscal e não pelas centenas de crimes violentos que cometera. Se vivesse no Brasil, jamais seria condenado. Esperaria que o governo de plantão lançasse um Programa de Regularização Tributária, popularmente conhecido como Refis. Nas últimas duas décadas foram lançados 25 Refis destinados a refinanciamento de dívidas com a União. No governo FHC, em 2000, foi o primeiro. No governo Lula da Silva, foram aprovados 10 e no governo Dilma Rousseff, foram 13. A inflação dos programas de regulamentação tributária afeta mortalmente as receitas públicas.“Leia o artigo de Hélio Duque na integra clicando aqui”

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, deixe seu nome aqui

20 + 5 =