A valorização do professor é a principal meta

0
176

Nada mais importante nesse momento que o debate sobre o Plano Nacional de Educação, em tramitação no Senado Federal. Como relator do projeto pretendo dar destaque às metas que buscam a valorização do magistério. Calcula-se que faltam cerca de 250.000 professores nas escolas do Brasil, para atender a necessidade presente. É relevante a instituição de política nacional de formação de profissionais da educação, com garantia de formação inicial e em nível superior de graduação e pós-graduação. A meta 16 do PNE prevê a formação de 50% dos professores em cursos de pós graduação, lato ou stricto sensu e formação continuada. Essencial mesmo é a valorização salarial dos professores das redes públicas. Pretendemos estabelecer a equiparação do rendimento médio do professor ao dos demais profissionais de escolaridade equivalente (superior) até o sexto ano do PNE. Devemos sobretudo reforçar as metas que tratam de garantir planos de carreira para os profissionais da educação básica e superior, passando pela instituição de política nacional de formação dos profissionais da educação. A ousadia briga com a possibilidade, mas sem ousar o Brasil não muda!