“Quebro a Petrobras, mas me reelejo”, artigo de Hélio Duque

0
188

“A presidente Dilma Rousseff está atualizando o ensinamento do governador de São Paulo, Orestes Quércia. Para eleger o seu sucessor, Luiz Fleury, afirmou: “Quebro o Banespa, mas elejo Fleury”, relembrado recentemente pela excelente jornalista Eliana Cantanhêde. O Banespa quebrou literalmente, sendo recuperado e saneado no governo do saudoso Mário Covas. A Petrobras está sendo estuprada pelo atual governo, em níveis inadmissíveis e atentatórios aos interesses nacionais”. Leia a íntegra do artigo de Hélio Duque