“Eleição será a mais importante desde a redemocratização”, diz Alvaro Dias

3
697

Alvaro Dias foi reeleito ao Senado em 2014 com 77% dos votos válidos no Paraná. Garantido no mandato até 2020, ele se prepara agora para disputar a presidência da República pelo Podemos. Em entrevista a MONEY REPORT, o senador confirmou que será candidato ao Planalto e afirmou que a eleição deste ano “será a mais importante desde a redemocratização”. Na primeira pesquisa Datafolha do ano, o político aparece com até 4% das intenções de voto. Na região Sul, onde ele possui maior influência, o índice chega a 18%. O levantamento indica ainda que Alvaro Dias tem 13% de rejeição entre os eleitores pesquisados. Confira os principais pontos da entrevista com o senador paranaense, clique aqui e leia a entrevista na Money Report. 

3 COMENTÁRIOS

  1. gostaria de saber se vc no senado fala sobre Estatuto do Desarmamento e por que o governo so tirou as armas do povo de bem e nao, dos traficantes e bandido oque vc vai fazer caso vc seja presidente do brasil o povo quer saber.

    • No debate político há os que aprenderam a distorcer,sempre de má fé. Ontem (11/02) em Cascavel fui claro, mas os falsários fingem não entender.Por isso repito aqui o que disse ontem: defendo a flexibilização da legislação sobre o uso de armas. Quem desejar poderá sim ter sua arma, consciente de suas responsabilidades. A legislação deve estabelecer regras para a responsabilização dos que eventualmente praticarem excessos. A política para o comércio de armas deve ser ponderada e fugir dos extremos. Proibir tudo ou liberar geral são receitas para o fracasso. E nunca devemos nos esquecer: quem deve se armar é o estado a quem cabe oferecer segurança aos cidadãos. Pagamos impostos também para sermos protegidos pelos governos das ameaças da violência e podermos viver em paz. #AlvaroDias
      Assessoria

  2. É pq vai ser a única eleição com um candidato comprovadamente competente (Álvaro Dias) que pode mudar esta zona que estes politicos corruptos, lenientes e incompetentes transformaram, o país.

Comments are closed.