Alvaro Dias participa de sabatina com membros da Frente Parlamentar Agropecuária

    0
    1915

    O senador Alvaro Dias foi o convidado desta terça-feira (17) da reunião-almoço realizada pelos membros da Frente Parlamentar da Agropecuária. A Frente Parlamentar, que conta com a participação de 27 senadores e 209 deputados federais, é presidida pela deputada Tereza Cristina (DEM/MS). Na reunião de hoje, os parlamentares da Frente, e os representantes das associações do agronegócio presentes ao evento, ouviram uma palestra de Alvaro Dias, e em seguida sabatinaram o senador sobre suas propostas e ideias para o setor a partir de 2019.

    Na sua palestra, Alvaro Dias disse que o gritante contraste entre a riqueza da Nação e a pobreza que se mantém em níveis absurdamente altos é responsabilidade dos últimos governantes, e também do Congresso, que fracassou em fazer com que a prosperidade alcançasse uma quantidade maior de famílias.

    “Como é possível admitir 52 milhões de brasileiros vivendo abaixo da linha de pobreza em uma nação tão rica e tão próspera como a nossa? A autocrítica tem que ser feita inclusive por nós, parlamentares. Mas a culpa maior é dos últimos governantes que tivemos. Os governantes fracassaram, não foi o agricultor que fracassou, não foi o trabalhador que fracassou. Esse desgoverno dos últimos anos foi que assolou o país e nos empurrou para esse caos administrativo e para essa desarrumação geral”, disse o senador.

    Alvaro Dias afirmou aos membros da Frente Parlamentar que em sua proposta de refundação da República, está inserida a adoção de uma política agrícola que seja uma verdadeira política de Estado. “A política agrícola tem que considerar que a agricultura está adstrita a quase todos os setores da administração. Não há como formatar uma política agrícola sem considerar a infraestrutura, por exemplo. Se considerarmos que infraestrutura envolve portos, estradas, tecnologia, inovação, se considerarmos os avanços tecnológicos necessários, a questão dos tributos, vamos chegar à conclusão que o ministro da Agricultura precisa ser o presidente da República”, afirmou Alvaro Dias.

    O senador ainda ressaltou a importância da agricultura para o crescimento econômico do País. “Nos últimos 25 anos, o superávit de US$ 380 bilhões conquistados pela balança comercial brasileira só foi possível pelos bons frutos advindos do setor agropecuário, que alcançou US$ 946 bilhões nesse mesmo período, para sustentar a economia do Brasil, enquanto outros setores tiveram déficit de US$ 500 bilhões”, disse.

    Após a palestra, o senador Alvaro Dias respondeu a diversas perguntas feitas por deputados e senadores da Frente Parlamentar, sobre reforma agrária e tributária, combate às invasões no campo, soluções para o aumento da produtividade, o drama da infraestrutura do país, entre outros temas.

    Veja a galeria de fotos, clique aqui.
    Assista o vídeo, clique aqui.