Teia de aranha e pedigree – Sugestão de Leitura

0
2694

“No Brasil, contam-se como exceções processos contra crimes de corrupção e lavagem que alcançaram bons resultados. Em regra, os processos duram décadas para, ao final, ser reconhecida alguma nulidade arcana ou a prescrição pelo excesso de tempo decorrido.” A constatação é do juiz Sergio Moro, retratando realidade onde o conceito de Lei para todos tornou-se relativa. A operação Lava Jato com a competente ação da Polícia Federal, do Ministério Público Federal e da Receita Federal, vem através sentenças do notável juiz aplicando o princípio da Lei para todos e enfrentando o que pregava o francês Honoré de Balzac: “A Justiça é como uma teia de aranha, os pequenos insetos ficam presos nela, os grandes atravessam”.“Leia o artigo de Hélio Duque na integra clicando aqui”