Efeito Manada

2
9151

07 outubro de 2018,

Data comemorada por muitos como uma possível data marcante para o Brasil, dando indícios que Jair Bolsonaro será o futuro presidente do Brasil.  Devemos comemorar, sair em passeata, em carros e em multidões, saudando Jair Bolsonaro “O Mito……”?

Político este que participa dos palanques políticos brasileiros e da bancada de deputados a quase três décadas, tendo em todo esse período aprovado somente dois projetos – será esse o político ideal para governar nosso país? País esse passando pela maior crise econômica-financeira de sua história?

Definitivamente não! Pessoa com ideias limitadas e muitas vezes incoerentes, sem qualquer preparo político, sem preparo emocional, intelectual e conhecimento explicitamente e assumidamente limitado.

O que estamos comemorando? Qual o motivo de tantos fogos de artifícios e tantos gritos de alegria?

O único motivo de alegria é do afastamento temporário de um controle pelo PT. Temporário e não consistente. Deveríamos estar felizes, alegres e com certeza comemorando caso estivéssemos escolhido o melhor.

Ninguém, com certeza, pode dizer que não tínhamos opção. Nessas eleições tínhamos muitos candidatos. Muitos deles muito bem preparados. Entre eles podemos identificar Geraldo Alckmin, político muito bem instruído e com conhecimento exemplar, com experiência administrativa, o qual talvez o maior demérito seria a aliança político-partidária manchada pelo passado. Outro exemplo, o candidato Amoedo, o qual segundo muitos uma pessoa com potencial de gestão aprimorado, e por fim o Alvaro Dias.

Alvaro Dias …. este sim o candidato ideal, com uma vida de devoção ao povo brasileiro. Literalmente uma vida doada ao Brasil e com certeza o político mais injustiçado do nosso país.

Um político que tem como princípio a honestidade desde o seu início. No período de governador do Paraná combateu contratos abusivos; no período do PSDB foi favorável a instalação da CPI contra o governo do Fernando Henrique, sendo expulso do partido por contrariar os princípios do próprio partido; no período de senador considerado político de maior oposição ao governo corrupto do PT.

Corrupção …. esta palavra é com certeza o maior legado e princípio pelo qual Alvaro Dias sempre lutou, a bandeira pela qual sempre levou a frente do peito. Político esse que se tivéssemos um mínimo de cultura, conhecimento político ou coerência, teríamos que levantar no colo, acima dos ombros e o defender até a última gota de sangue, por que, na verdade é desse tipo de pessoa que precisamos.

No entanto, fica claro o desconhecimento da população brasileira. Fico triste pela população de baixa renda e sofrida que precisa do bolsa-família, ou qualquer ajuda para sobreviver? Não … com certeza não!! Fico estarrecido com a grande elite brasileira, intitulada como a formadora de opinião que vende ideias, sem ao menos estudar sobre política.

A cultura brasileira não está fundamentada em leitura e sim na conversa de esquina, de rua, de fundo de quintal e até mesmo do bar. Em que uma simples menção sem qualquer fundamento é considerada a maior verdade sem qualquer documentação ou registro. E em que a maioria dos “estudados políticos” se fundamenta para propagar sua opinião.

No entanto, isso é cultural, desde as bases de ensinamento no colégio e faculdade, como esperar uma atitude diferente do nosso povo? As mudanças não caem do céu. Espero que, com o incentivo ao ensino, algum dia, nós possamos votar no melhor; e não nos contentar pela situação. Por que assim seremos fortes e não estaríamos sem sustentação como estamos, com medo de a qualquer momento um grupo corrupto e populista voltar ao poder.

Como disse, as mudanças não caem do céu… como em um sistema distorcido, com tempos de televisão discrepantes, com cobertura política diária diferenciada, com entrevistas em canais de televisão somente para candidato “A” ou “B”, uma pessoa mais desconhecida pode se sobressair? Somos meras plumas tocadas ao vento por um sistema pré-estabelecido.

Devemos comemorar??? Ou devemos lutar como peixes migrando contra a força de uma rede de pesca?  Devemos ficar satisfeitos e com a consciência leve?

Que bom seria…. mas não! Temos que ficar envergonhados por tentar sempre o caminho mais fácil, mais curto, mesmo que este não nos leve ao melhor lugar.

Paulo Henrique

Urologista-Maringá/PR

2 COMENTÁRIOS

  1. concordo com o urologista… Esta eleição tinha excelentes candidatos. acrescento aos acima mencionados o Ciro, conecedor profundo da realidade brasileira, com obras para mostrar e com propostas coerentes!
    Como sempre muitos eleitores desesperados procuram, sem se preocupar o que virá na frente, pela saida mas próxima.
    Agora é escolher entre o cáncer e a aids!

  2. Sim…concordo plenamente!! Não porque estou aqui no portal…mas tentei fazer a minha parte. Não conheço o candidato Alvaro Dias pessoalmente, mas li suas propostas e as achei muito coerentes. Afirmou categoricamente em algumas entrevistas que não é “fazedor de milagres” e em tempos de eleição, tem que ter coragem para dizer isso!! Temo os auto-proclamados “salvadores da Pátria”….para um povo que tem o hábito de ser massa de manobra…foi …é…e será por algum tempo ainda. Mas tenho esperança de que haverá um tempo em que a Educação e a Cultura abrirá os olhos de nossa ingênua gente….seremos promissores como alguns países da Europa…que amargaram muito até chegarem onde estão! Infelizmente não será diferente para o povo brasileiro! Teremos que amargar muito ainda! É triste admitir que não se aprende com bons exemplos, mas com o sofrimento.
    Ao Sr. Alvaro Dias todo meu apreço. Obrigada por ter nos dado a chance de mudar para melhor! Para você muita Saúde e Paz! Cuide-se….você já é um Vencedor!

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, deixe seu nome aqui

13 − 12 =