Para Alvaro Dias, recursos da Previdência devem ser geridos por fundo de capitalização

0
527

A reforma da Previdência não pode ser vista como um milagre capaz de salvar o país dos seus problemas, afirmou o senador Alvaro Dias (Podemos-PR), em discurso esta quarta-feira (24/04). Para o líder do Podemos no Senado, o texto atual da reforma é insuficiente para arrumar as contas públicas.

No plenário, o senador defendeu um sistema de previdência de capitalização: um fundo administrado por um conselho com integrantes do poder público e privado, onde o recurso fosse aplicado e gerasse lucros.

“Conta individualizada, capitalizada, com a contribuição do empregado, do empregador e com a contabilização dos ativos das empresas estatais, num grande fundo, que geraria uma poupança fortalecida no país, fundo esse administrado por um conselho de 19, 20 integrantes do poder público e do setor privado, com a multiplicação desses valores na aplicação desses recursos”, explicou Alvaro Dias.

Outra medida que deve ser debatida, na opinião do senador pelo Paraná, é a modificação do sistema tributário, que deve, segundo ele, adotar um modelo progressivo, onde o tributo seja maior no consumo do que na renda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, deixe seu nome aqui