Em pronunciamento no plenário, nesta quinta-feira(23/5), o senador Alvaro Dias anunciou a apresentação de requerimento para reverter no Senado a decisão da Câmara dos Deputados de retirar o Coaf do ministério da Justiça: “Nós teremos, na próxima terça-feira, a votação dessa matéria aqui no Senado Federal e nós vamos tentar, mais uma vez, com requerimento de destaque, que o Coaf possa permanecer no âmbito do Ministério da Justiça, já que entendemos ser o local adequado para a sua existência. Não se trata de premiar o Ministro Sérgio Moro, que provavelmente não reivindica esse prêmio. Trata-se de trabalhar pela institucionalização de uma política de Estado de combate à corrupção”.

O senador enumerou casos em que o trabalho do Coaf foi fundamental para investigações do Ministério Público e das Comissões Parlamentares de Inquérito. “Eu sou testemunha da importância do Coaf aqui, no Senado, em várias CPIs, inclusive na CPI do Judiciário, que investigou o superfaturamento do prédio da Justiça do Trabalho em São Paulo e culminou com a cassação de um senador e a prisão de um juiz. Tivemos ainda a CPI do Mensalão, a CPI dos Correios e foram fundamentais as informações fornecidas pelo Coaf sobre movimentação financeira, propiciando a quebra de sigilo bancário para o aprofundamento das investigações. E é evidente, no contexto da Operação Lava Jato, todos nós sabemos da importância do Coaf. Certamente muitas das investigações bem-sucedidas tiveram uma colaboração fundamental desse Conselho”, destacou o senador.

Alvaro Dias criticou ainda a tentativa de retirar poderes de investigação da Receita Federal. Apesar de os deputados terem retirado esse “jabuti” da medida provisória da reforma administrativa, há movimentações para reapresentar a proposta por meio de projeto de lei: “ Ao impedir que a Receita Federal, por intermédio dos seus auditores, possa investigar ilicitudes praticadas, nós estamos trabalhando e legislando a favor da corrupção no País, especialmente a corrupção no âmbito da Administração Pública. E isso não se justifica. Nós estaríamos descumprindo compromissos que muitos de nós assumimos com o povo brasileiro, já que essa agenda do combate à corrupção foi a prioridade absoluta no discurso eleitoral. Praticamente todos os eleitos utilizaram-se dessa agenda do combate à corrupção. Quando não se cumpre os compromissos da campanha eleitoral, se pratica o verdadeiro estelionato”.

Foto Thati A. Martins

10 COMENTÁRIOS

    • Obrigado pela presença e palavras de apoio e incentivo. Certamente é o meu objetivo desde sempre. Um país melhor para todos.Forte abraço.

  1. Acompanho o trabalho do senador Álvaro Dias há tempos e cada vez mais , o vejo como um politico exemplar no Brasil.
    Concordo com o se posicionamento Senador. B

  2. Apoio nosso senador Álvaro Dias
    Sempre em defesa da integridade do povo brasileiro…
    Tomara tivéssemos mais políticos dessa magnitude!

  3. Parabéns Senador!!! O único homem honesto que está com coragem de devolver o COAF ao Ministro Sérgio Moro. Instrumento fundamental para enfrentarmos o crime organizado e os corruptos.

    • Agradeço as suas colocações. Elas são um forte incentivo para continuar a seguir em frente na busca de um país melhor para todos nós. Grande abraço.

  4. Sempre soube da integridade desse senador, ele sim nos representa independente de partido pois o certo seria todos os políticos mesmo de partidos diferentes ou mesmo com idéias diferentes legislarem em favor da população não em plrol da corrupção dos próprios. Aplaudamos então os poucos íntegros que nos restam e nos lembremos deles nas próximas eleições e nos lembremos também dos cortuptos para juntos os mandar para onde eles realmente merecem.

  5. Senador Álvaro Dias seu posicionamento orgulha seus eleitores e dá esperança ao povo brasileiro de ver revertido o caos da impunidade.

  6. É um requerimento sensato, os durante a campanha eleitoral, muitos se elegeram com essa bandeira. Nada mais justo que facilitar a apuração dos ilícitos 0or todos os meios legais. Parabéns senador.

Comments are closed.