O senador Alvaro Dias recebeu, nesta quarta-feira (29/5), o reitor da Universidade de Maringá (UEM), Júlio Damasceno, e diretores da instituição. Eles agradeceram as décadas da gratuidade, que foi decretada pelo então governador Alvaro Dias, e propuseram uma parceria para que o senador ajude a divulgar as patentes e softwares desenvolvidos pela universidade, aumentando a integração com a sociedade. “Eu sou favorável a uma integração mais efetiva com a sociedade, e também acho necessário garantir ferramentas para a universidade arrecadar, já que 30% de tudo que é captado vai para os cofres do estado”, disse o senador.

O reitor da UEM disse que Alvaro Dias tem o avanço tecnológico no DNA, por isso foi chamado para ser parceiro na divulgação das startups e na busca por demandas da criatividade acadêmica.

Depois de receber os representantes da UEM no gabinete, o senador Alvaro Dias intermediou uma reunião com o ministro da Justiça, Sérgio Moro. O ministro disse ter uma história afetiva com a universidade, onde estudou e onde o pai foi professor. O reitor e os diretores divulgaram os feitos da UEM, como softwares produzidos para o Brasil e para o exterior, e falaram sobre as dificuldades para buscar novas fontes de recursos.

Foto Thati A.Martins

1 COMENTÁRIO

  1. Eu sou contra CORNOS dentro da politica, porque as coisas feias deve ser escondidas, não tem muitas pessoas que despreza os idosos decentes honrados? gente do bem? como fica saber que um determinado pais tem um boi no poder?

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, deixe seu nome aqui