O senador Alvaro Dias (Podemos-PR) e integrantes do movimento Muda Senado participaram de manifestação, esta quarta-feira (25/09), pela aprovação do fim do foro privilegiado e em defesa da Operação Lava Jato, na Praça dos Três Poderes, em Brasília. “Estamos aqui, na praça pública, para defender o fim do foro privilegiado. Por que este maldito foro? Por que este privilégio? Por que há de se instalar no país o estandarte da imoralidade? Para proteger criminosos do colarinho branco”, afirmou o líder do Podemos.

Apresentado por Alvaro Dias em 2013, o projeto de lei que põe fim ao privilégio de mais de 55 mil autoridades aguarda votação na Câmara dos Deputados desde 2017. O texto já passou pelas comissões da Casa e depende de votação no plenário. “Vamos exigir da Câmara dos Deputados a votação imediata do fim do foro privilegiado”, cobrou o senador, para um público de cerca de 500 manifestantes.

Alvaro Dias fez ainda uma defesa ferrenha da Operação Lava Jato. “Há uma conspiração contra a Lava Jato. No tabuleiro da conspiração, várias peças se movem nos Três Poderes. Estamos assistindo a retrocessos imperdoáveis. A Lava Jato nunca foi tão ameaçada”, alertou o líder do Podemos. “Temos que defender a Lava Jato. Defender o ministro Sergio Moro, defender o procurador Deltan Dallagnol, defender a Polícia Federal, defender o Ministério Público, defender a boa Justiça e prosseguir a nossa caminhada na direção do futuro”.

Além de Alvaro Dias, estiveram presentes no ato alguns dos parlamentares que integram o Muda Senado: Lasier Martins (Podemos-RS), Styvenson Valentim (Podemos-RN), Eduardo Girão (Podemos-CE), Marcos Do Val (Podemos-ES), Juíza Selma (Podemos-MT), Reguffe (Podemos-DF), Alessandro Vieira (Cidadania-SE), Plínio Valério (PSDB-AM), Arolde de Oliveira (PSD-RJ) e Major Olímpio (PSL-SP). Ao todo, 21 senadores integram o grupo.

O líder do Podemos destacou a importância do envolvimento dos parlamentares. “Esses senadores desejam mudar o Senado e, com vocês, mudar o Brasil. Viemos para prestar a nossa homenagem e para dizer que o Brasil só mudará nas ruas, pelas ruas, com a população unida para promover as transformações que os novos tempos estão a exigir”, ressaltou Alvaro Dias. “Aqueles que aqui se encontram, representando milhões de brasileiros, vieram para dizer: não vamos recuar, vamos enfrentar, vamos superar, vamos vencer, vamos derrotar o atraso. Somos os filhos da Democracia, da liberdade e da Justiça”.

2 COMENTÁRIOS

  1. NÃO EXISTE LEI QUE DETERMINE QUEM FALA POR ÚLTIMO… O DELATOR OU O DELATADO… LOGO, FICA ÓBVIO QUE O SUPREMO ESTA USURPANDO O PAPEL DO CONGRESSO E LEGISLANDO… VOCÊS VÃO DEIXAR???”

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, deixe seu nome aqui